Empresário de Vina acredita em renovação com o Ceará: “temos grandes chances de concretar um acordo” – Rádio Asa Branca 99,5 – A Rádio de Boa Viagem

Empresário de Vina acredita em renovação com o Ceará: “temos grandes chances de concretar um acordo”

São 22 gols e 19 assistências em 56 jogos. Números que impressionam e credenciam o meio-campista Vinicius, mais conhecido como Vina, do Ceará, como um dos grandes destaques do futebol brasileiro no ano. O torcedor alvinegro, por sua vez, quer vê-lo por mais uma temporada vestindo a camisa alvinegra. Em entrevista exclusiva a Rádio Verdes Mares, o empresário do atleta, André Cury, falou sobre o futuro do meia.

“Há interesse das duas partes, então a conversa sempre se torna mais fácil. Estamos conversando com o presidente, com o Jorge e eu acho que temos grandes chances de concretar um acordo.”

O assédio de clubes é natural para um meio-campista que é líder em assistências da Série A (9) e o que já balançou a rede 12 vezes no campeonato. André Cury fala sobre procuras e ressalta a felicidade do meia com a camisa do Ceará.

“É natural ter procura do mercado nacional e internacional. O Vina está muito feliz com o acolhimento que recebeu da torcida, do clube. Ele se adaptou muito bem a cidade e está muito feliz.”

A negociação para renovação com o Ceará existe. E devido a isso, o empresário garantiu que não abriu conversas com outros clubes.

“Propostas e sondagens já recebemos algumas. Mas neste momento estamos conversando com o Ceará e não vamos abrir conversas com outros clubes, nem no Brasil nem no exterior. Caso a conversa com o Ceará não venha a evoluir, nós vamos conversar.

Na visão de André Cury, Vina tem grande possibilidade de permanencer no Ceará para a temporada 2021, que prometer ser de calendário cheio para o Vovô, incluindo uma competição internacional.

“Eu vejo grande possibilidade desse desfecho sair favorável para o Ceará e o Vina. Temos conversados com o presidente, que está se esforçando, com o Jorge Macedo e estamos fazendo esse esforço dos dois lados para ver se conseguirmos fazê-lo ficar.”

Sistema Asa Branca de Comunicação
FONTE: Diário do Nordeste