33 mulheres eram mantidas no cárcere privado em celas por diretor de clínica no Crato – Rádio Asa Branca 99,5 – A Rádio de Boa Viagem

33 mulheres eram mantidas no cárcere privado em celas por diretor de clínica no Crato

O diretor de uma clínica psiquiátrica foi preso em flagrante, na manhã desta quinta-feira, 12, suspeito de abuso sexual, maus-tratos, apropriação de benefícios e cárcere privado, na cidade do Crato, na Região do Cariri. Segundo a Polícia, Fábio Luna dos Santos, 35 anos, mantinha 33 mulheres aprisionadas em celas sem condições sanitárias. Duas delas teriam sofrido abuso sexual do diretor. O homem foi encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade, onde foi autuado por cárcere privado e maus-tratos.

Segundo a Polícia Civil, as buscas foram iniciadas pela manhã, quando policiais civis da DDM se deslocaram para a clínica para cumprir um mandado de prisão preventiva contra o diretor da clínica, por denúncias de abuso sexual contra duas vítimas. Na clínica, a Polícia constatou que todas as mulheres estavam aprisionadas em celas sem condições sanitárias. Assim, a DDM também autuou o suspeito em flagrante por maus-tratos e cárcere privado. Serão investigados, ainda, crimes de apropriação de benefícios das vítimas.

 

 

 

 

 

Sistema Asa Branca de Comunicação

FONTE: O POVO