Na comemoração do título do Campeonato Cearense, ainda no gramado do Castelão, em conversa exclusiva com o esportes O POVO, o executivo de futebol do Ceará, Marcelo Segurado, atribui a conquista ao planejamento do clube, que em paralelo disputou Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Com o início da Série A do Brasileiro marcado para sábado, 14, e a fase mata do Nordestão prevista para maio, o dirigente garantiu sequência do plano, prometendo briga pelo título do torneio regional e “primeira página” da classificação da competição nacional.

 

Em 83 dias de temporada, o Alvinegro entrou em campo 28 vezes (8 pelo Estadual, 6 pela Copa do Nordeste e 4 pela Copa do Brasil), ou seja, foi uma partida a cada três dias em média, incluindo viagens longas. A fórmula para aguentar o calendário foi ter um elenco grande. “Geralmente eu gosto de trabalhar com algo em torno de 28 atletas, mas nós estamos com 35 porque montamos duas equipes competitivas para se ter, ao final disso tudo, uma coesão e formar um grande elenco. Obviamente que a gente tá muito satisfeito porque as coisas estão caminhando dentro do planejamento e vamos continuar assim”, comentou Segurado.

 

O Estadual não era prioridade do Vovô, entretanto, mesmo utilizando time reserva em boa parte da competição, o Ceará sagrou-se campeão sem perder para o maior rival e com direito a maior pontuação geral no certame (39 a 37). Esse não é, porém, o único título que a diretoria quer em Porangabuçu neste ano. A taça da Copa do Nordeste, segundo Segurado, segue como meta do clube. “Nós temos como objetivo o título da Copa do Nordeste, vamos mentalizar isso e trabalhar muito para que a gente possa conseguir esse objetivo”, disse.

 

Entre os dez

 

Não é apenas no Nordestão que as ambições do Alvinegro são grandes. Marcelo Segurado diz que o Ceará vai entrar forte também na Série A e colocou uma meta ousada, uma vez que o presidente Robinson de Castro havia dito no começo da temporada que a ideia é apenas permanência no Campeonato Brasileiro. “Na Série A nós vamos surpreender e buscar estar na primeira página da tabela”, disse o executivo de futebol. Para isso, o Vovô precisa ser pelo menos o décimo colocado na classificação, o que renderia ao Vovô vaga na Copa Sul-Americana do ano seguinte.

 

A fórmula, para Segurado, é a mesma utilizada até aqui. “Tudo, obviamente, dentro do planejamento. não vamos fugir em momento algum do planejamento”, garante.

Colaboração Jornal O POVO

Da redação da Rádio Asa Branca AM/FM

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Mural de recados

Carrega

    Nenhum comentário encontrado

Enquete

Como está a administração pública em Boa Viagem?

Top 10

  • Gusttavo Lima

    Apelido Carinhoso

  • Léo Magalhães

    Oi

  • Eduardo Costa

    Saudade

  • Marília Mendonça

    De quem é a culpa?

  • Simone & Simaria

    Paga de Solteiro Feliz

  • Jorge & Mateus

    Contrato

  • João Neto Pagadão

    Amor falso

  • Wesley Safadão

    Ar condicionado no 15

  • Fernando Pisadinha

    Ela não larga eu

  • Amado Batista & Duda

    Desligue o celular