Os caminhos de Real Madrid e Atlético de Madrid se cruzaram mais uma vez. Pelo quarto ano consecutivo, os rivais da capital espanhola irão duelar no mata-mata da Liga dos Campeões. Desta vez, pelas semifinais do torneio. A partida de ida será realizada nesta terça-feira no Santiago Bernabéu, às 15h45 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da TV Globo e do GloboEsporte.com - o pré-jogo no site começa às 14h. A volta será na quarta da próxima semana, no Vicente Calderón.

Apesar de se tratar de um duelo que tem sido sempre bastante equilibrado dentro de campo nos últimos anos, não há esse mesmo equilíbrio se analisarmos somente os resultados. O Real se deu melhor todas as vezes que enfrentou o rival pela Champions. O placar por enquanto é de 4 a 0. Além disso, pesa o fato de ser o maior campeão da história do torneio, com 11 títulos, enquanto os colchoneros ainda buscam o primeiro. A vantagem psicológica existe.

 

Na final em 2014, em Lisboa, o Atlético vencia por 1 a 0 até os 48 minutos do segundo tempo, quando Sergio Ramos empatou; na prorrogação, os merengues fizeram mais três gols e venceram por 4 a 1. Em 2015, pelas quartas, houve empate por 0 a 0 na ida no Calderón; na volta, classificação do Real Madrid no Bernabéu após vitória por 1 a 0 com gol aos 43 minutos do segundo tempo. Em 2016, novamente na final, em Milão, empate por 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação, com o Real vencendo a disputa de pênaltis por 5 a 3. E se puxarmos no passado, em 1959 os madridistas superaram o Atlético na semifinal do formato antigo da competição europeia: venceram o primeiro jogo por 2 a 1, perderam o segundo por 1 a 0, e venceram o terceiro por 2 a 1.

 

 Técnico do Atlético de Madrid desde 2011, Diego Simeone faz grande trabalho e colocou o time de volta ao grupo dos principais da Europa. Fez belas campanhas na Champions com elencos muito mais baratos do que Barcelona e Bayern de Munique, por exemplo, que caíram para os colchoneros no ano passado. Mas o título bateu na trave duas vezes. Ainda assim, Simeone e os jogadores tiveram forças para se reerguer e estão mais uma vez a poucos passo do tão sonhado troféu, que se vier será o mais importante da história do clube. A torcida confia no ídolo "Cholo" para, antes de pensar em chegar a outra final, quebrar esse tabu contra o Real Madrid.

- É um sentimento que todos nós temos, pela maneira que temos de trabalhar. Temos que trabalhar muito pra consegui-lo. Estamos no caminho certo com certeza, pois estamos de novo nas semifinais. Temos que fazer um jogo perfeito e queremos muito esse título - disse Gabi, capitão do Atlético, sobre a obsessão do grupo em conquistar a Champions.

 

NÚCLEO DE RADIO JORNALISMO ASA BRANCA AM E FM

FONTE: G1

 

 

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Mural de recados

Carrega

    Nenhum comentário encontrado

Enquete

Como está o atendimento no sistema de saúde pública de Boa Viagem?

Top 10

  • Simone & Simaria (part Anitta)

    Loka

  • Marília Mendonça

    Eu sei de cor

  • Maiara & Maraisa

    Você faz falta aqui

  • Marcos & Belutti

    Solteiro apaixonado

  • Leonardo e Eduardo Costa

    Passe livre

  • Victor & Leo

    Momentos

  • Roberto Carlos (part Jennifer Lopez)

    Chegaste

  • Wesley Safadão Part. Marília Mendonça

    Ninguém é de ferro

  • Paula Mattos

    Coisa de Ex

  • Jorge & Mateus Nova!

    Se o amor tiver luga